Publicado em Sexualidade

Sonhos homoeróticos

gay-sonharCaro leitor, este artigo surgiu a partir de relatos de algumas pessoas conhecidas e que despertou o meu interesse e me fez pesquisar e formar opiniões sobre o tema.

Escrever sobre sonho homoerótico é traduzir os desejos secretos de homens que sentem atração física e sexual por homens e de mulheres que gostam de mulheres.

Os sonhos não só abraçam nossos desejos, mas nossas preocupações, nossos medos e nossos interesses ; podem ser eventuais ou recorrentes e não existe hora para acontecer porque não temos controle sobre a máquina chamada cérebro.

Os sonhos são enigmáticos e sempre despertaram curiosidade, principalmente daquele que sonha. Enfim, por questões biológicas todos os seres humanos sonham.

Um sonho comum entre gays masculinos é se perceber nu em local imaginário e com aquele homem que em determinado momento da vida você sentiu vontade de transar. Neste sonho o desejo é materializado e o sexo ocorre sem restrições. Se o sonhador gosta de fazer um boquete lá estará ele chupando o homem. O mesmo acontece se o sonhador gosta de ser passivo ou ativo outro homem ou ser chupado. Aliás, sexo oral é o que mais acontece nos sonhos. Porque será?

Durante a vida nossas vivências e desejos mais íntimos são armazenados no subconsciente e toda noite nosso cérebro realiza um backup das memórias e não se surpreenda se você sonhar com aquele homem que tanto desejou há décadas. Há relatos de sonhos com homens já falecidos.

Até os fetiches entram nos sonhos, aliás, nos sonhos tudo é possível, inclusive, cenas surreais com paisagens de Pablo Picasso. Mas a máquina chamada cérebro funciona perfeitamente e durante o sono no período de compilação das memórias ele tenta vincular duas coisas que normalmente existem de forma independente, mas precisam se relacionar.

Esse é um dos motivos de você sonhar que está transando com outro parceiro, porque mesmo que isso nunca tenha acontecido, ao vincular você e o desejo por um homem o cérebro relaciona como fato real e no sonho ocorre o que se desejou.

Teorias à parte, o sonho dos gay apenas confirma os nossos mais secretos e profundos desejos, porque não existem barreiras sociais que impeçam o ser humano de sonhar.

É comum sonhar com homens que nos atraem fisicamente e esta atração está vinculada ao nosso cotidiano, pois diariamente observamos pessoas ao nosso redor e às vezes até sem perceber nossa mente capta a imagem de algum gostosão e então guarda para processar e posteriormente poderá surgir num sonho.

Os sonhos ocorrem de forma aleatória, não existem regras e os personagens podem ser qualquer um, inclusive o seu parceiro e aparecem vestidos, nus, seminus, interagindo conosco de todas as formas, mas a principal é a interação sexual.

Obviamente é mais comum sonharmos com homens do nosso convívio social, seja do bairro, do ambiente de trabalho, do colégio, da faculdade e até personagens saídos das imagens da televisão, das revistas, do teatro e do cinema. Aliás, os fetiches e desejos por pessoas ligadas às artes faz parte do nosso dia-a-dia.

Existem gays que tem fixação por outro homem, mas nunca teve coragem de abrir o jogo. O tempo passa e a relação de proximidade se desfaz e lá na frente, anos após aquele período você possivelmente sonhará que está fazendo sexo com ele.

Os sonhos também independem da nossa condição de solteiro ou casado e mesmo que você tenha parceiro, um ou vários amantes, marido e jura amor eterno é pego de surpresa sonhando com outro homem. Somos insaciáveis e nossos olhos buscam sempre alguém à imagem da perfeição e então todos os nossos valores morais vão por água abaixo.

Um amigo me contou sobre um sonho muito estranho.  Ele sonhou que estava chupando o cacete de um homem mais velho, gostoso, peludo, cabelos grisalhos, braços fortes e rosto divino de lindo. O curioso é que o homem que apareceu no sonho era um vizinho da sua juventude e nunca houve nenhuma relação sexual e o meu amigo não se lembrava de ter desejos sexuais por aquele homem.

O mais interessante foi constatar que ele nunca sonhava, ou não se lembrava dos sonhos, porque todos os dias os sonhos acontecem. Ele ficou intrigado com aquilo e voltou ao local onde morou na adolescência. Moral da história: O seu vizinho, senhor Arlindo havia falecido havia alguns meses.

Meu amigo ficou chocado e imediatamente associou à premonição e coisas inexplicáveis, mas o fato de sonhar com o vizinho trinta anos depois não tinha relação com a morte do homem. Mera coincidência e a fantástica fábrica cerebral reorganizando as memórias, além do desejo imperceptível do meu amigo por seu vizinho na adolescência. Pelo menos no sonho o seu desejo foi realizado. Ele chupou gostoso, acariciou o peito daquele homem, olhou o esperma jorrando e gozou naquele momento imaginário.

Também é comum sonhar fazendo sexo, acordar e se masturbar. Muitos gays sonham e mesmo se lembrando do sonho não contam para ninguém, guardam segredo ou não tem com quem compartilhar. É até proposital não falar o que sonhou porque se o sonhador estava sendo enrabado, ele prefere guardar segredo.

Sonhar é maravilhoso porque podemos enganar o mundo inteiro, mas não enganamos a nós mesmos. E o nosso cérebro trata de nos saciar dos prazeres da carne.

Existem os sonhos coletivos, ou seja, sonhar que está num bacanal com vários homens fazendo de tudo e por todos os lados. Comendo, dando, chupando e sendo chupado. Isso acontece porque é o que está no seu subconsciente, talvez desejos reprimidos de participar de um bacanal. No mundo atual a probabilidade de realizar o desejo de fazer sexo com vários parceiros é maior do que há trinta ou quarenta anos, logo não há repressão, isso é comum no darkroom das saunas desde sempre.

sonhar com homem

Existem os especialistas em interpretar sonhos, eu particularmente, não acredito nisso. Vasculhe a Internet e você vai encontrar um mundo infinito sobre sonhar com homossexuais ou gays.

Sonhos de conteúdo sexual dizem tudo sobre a nossa sexualidade e os nossos desejos, ou não?

Não existe essa de dizer que é heterossexual e sonhou com outro homem. Com certeza você é gay ou bissexual  e tem desejo de praticar sexo com outro homem e ponto final.

É perda de tempo querer saber significados ou sinais sobre sonhos, mas é gostoso sonhar sem restrições e é melhor ainda poder se lembrar do que sonhou e com quem estava, porque o cenário é o que menos importa. Importante é o homem no seu sonho. As fantasias vão desde simples beijos e paqueras românticas até sexo violento e com requintes de crueldade.

Os sonhos homoeróticos surreais acontecem quando menos se espera. Há um caso interessante sobre um homem maduro, filho único de pai austero e controlador e mãe passiva e submissa. Os sonhos eram recorrentes e envolviam um zelador e fantasiava que o zelador enfiava um cabo de vassoura no seu cu. Seus desejos homossexuais expressavam a raiva que ele tinha do pai, mas sonhou estar na cama embolado com o pai que enfiava a língua na sua orelha e ainda o masturbava. Isso é desejo claro de ser masturbado pelo pai.

Noutro sonho ele observava o pênis do seu pai quando era criança e no mesmo sonho enfiava o seu pinto na boca de outro adolescente da escola. Anos depois as lembranças dos sonhos foram desaparecendo e o último foi uma verdadeira viagem sexual, pois envolveu o coito com um animal selvagem numa selva qualquer do planeta.

Parece cômico, mas é assim mesmo que acontece. Alguns gays têm facilidade de lembrar e interpretar o que sonhou nos mínimos detalhes, mas a maioria não se lembra de nada, apenas alguns flashes de memória.

Alguns sonhos são etéreos, angelicais e doces como a brisa da manhã. Eu mesmo já sonhei estar voando entre nuvens e um homem grisalho peladão voando atrás de mim.😍

Os sonhos homoeróticos são maravilhosos porque nos permitem fazer tudo quanto desejamos, pagar um boquete, ser chupado, beijar de língua, masturbar, penetrar e ser penetrado por um homem que povoa ou povoou nossa mente. É ainda mais gostoso quando acordamos e nos lembramos do sonho, com detalhes e cores vivas, com a leve sensação de que aquilo aconteceu de verdade.

Caro leitor, você se lembra de algum sonho homoerótico? Faça um resumo e coloque ai nos comentários.🏳️‍🌈

Publicado em Sexo, Sexualidade

Vivendo entre a homossexualidade e a heterossexualidade

Sigmund Freud

O título deste artigo é sugestivo, gera certa curiosidade e remete à ideia de bissexualidade. Pode até ser, mas, existem homens que não se identificam nem com um e nem com outro e simplesmente vivem assim.

Um amigo se deparou com um desses homens. Ele disse não ser homossexual, mas negou também ser heterossexual. Disse que já se envolveu com mulheres e mais recentemente prefere homens para brincadeiras sexuais sem penetração.

Imediatamente me lembrei dos GOY, mas não é este o caso. Para quem não sabe goy são homens que se relacionam com homens e cuja penetração é proibida por códigos de comportamento de grupos fechados e a maioria tem companheira. Saiba mais aqui.

Eu me lembro de homens maduros nos anos 1980, circulando de carro pelos quatro cantos da cidade caçando os bofes. Muitos deles viviam entre a homo e a heterossexualidade, alguns eram casados, mas a maioria era solteira e buscava corpos para saciar seus desejos. As relações sexuais ocorriam exclusivamente dentro dos carros e não rolava sexo anal. Eram sessões de punhetas, beijos, masturbação e muitos boquetes. Posso afirmar que a maioria não queria nada além de uma noite de prazer e dificilmente você os encontraria novamente.

Quem vive entre esses dois mundos pode ser o homossexual não assumido e que busca fugas na heterossexualidade e vice-versa. Mas é importante destacar o envolvimento emocional porque não é apenas a prática sexual total ou parcial e sim uma variedade de situações que identificam esses personagens.

Eu penso não haver vínculos duradouros nem com homens e nem com mulheres, porque são as emoções responsáveis pelas loucuras que fazemos na vida sentimental e sexual. Também, eu me identifico como gay que gosta exclusivamente de homens, mas durante a minha vida aconteceu de tudo, inclusive com algumas mulheres, por afirmação social e familiar, hoje não mais.

Esses personagens são lobos solitários buscando corpos masculinos ou femininos sem apego e evitam vínculos além de uma ou outra aventura.

Hoje isso é mais compreensível por conta da solidão e da individualidade dos seres humanos, porque o mundo digital permite anonimato, seja você heterossexual, bissexual ou homossexual.

A cena mais banal do nosso cotidiano é entrar em qualquer espaço público e nos depararmos com uma legião de pessoas acopladas aos seus smartphones. Esses aparelhos existenciais parecem grudados aos nossos corpos.

Olhos vidrados, dedos ágeis, corpos eretos. Talvez ali, diante de nós, um encontro sexual, via algum aplicativo, esteja sendo marcado. Depois da verificação dos atributos do futuro parceiro, o encontro é marcado.

Dois homens distantes, protegidos por senhas, criptografias, fakes, podem, finalmente, viverem seus desejos. O que buscam? São gays ou heterossexuais? O anonimato das telinhas os torna mais livres?

Voltando ao personagem deste artigo, indico que ele é invisível, não faz questão de aparecer e não são percebidos por homossexuais e nem por heterossexuais, não constam de estudos acadêmicos e passam anônimos em qualquer lugar porque ninguém os questiona e não se permitem questionamentos.

Também, não vivem em ambientes fechados ou guetos, não frequentam cinemas de pegaçâo, bares ou saunas gays.

São solteiros de todas as idades, com prevalência na fase adulta e na velhice, vivem sozinhos em apartamentos e quando muito alguns moram com família. Pertencem a todas as religiões, inclusive padres, são profissionais de qualquer ramo de atividades, tem poucos amigos e não se misturam facilmente porque vínculo não é o seu forte.

O seu cotidiano é igual ao de qualquer ser humano, preferem a reclusão e buscam formas de encontrar corpos para saciar seus desejos sexuais. Não são tarados ou maníacos, são introspectivos por natureza e estão em todas as classes sociais. Os mais abastados utilizam sua posição social como facilitador para encontros. Não pagam michê e não toleram sentimentalismo.

Caro leitor, se você se deparar com um personagem destes no seu caminho, não espere continuidade, fidelidade, relação estável e nem poliamor, porque são homens para uma única aventura sexual, excluindo-se o sexo anal.

Quem vive entre esses dois mundos, eu diria que não tem preferência erótica predominante, tanto faz homem ou mulher e sem apego. No fim da vida estarão sozinhos, são máscaras heterossexuais com desejos homossexuais.