Um triangulo amoroso gay

gays_idosos_couplesQuando se fala em relação a três, imediatamente, nos vêm à cabeça as relações heterossexuais, mas essa situação também ocorre entre os gays e é mais comum do que imaginamos.

As relações homossexuais, invariavelmente, acontecem entre duas pessoas, principalmente quando se está solteiro e buscando um parceiro para sexo casual, onde algumas situações transformam-se em relações mais duradouras.

Fala-se muito em traição quando um dos parceiros busca sexo com um terceiro. Isso acontece tanto no universo heterossexual quanto no homo, pois essa dualidade é o principal drama humano, não é exclusivo dos homens e se replica nas questões do sagrado identificado como o amor e o profano identificado como o sexo.

Apesar de comum é um processo conflituoso e doloroso, pois nos dividimos entre os ideais de romantismo e os apelos da carne.

Não é tão simples convencer o parceiro a abrir mão da monogamia ou tornar-se adepto do sexo livre e sem compromisso. Há casos incomuns e um deles eu relato a seguir:

Oscar um quarentão manteve relação monogâmica por três anos com Carlos, um coroa de sessenta e dois, até que um dia Carlos se apaixonou por Guilherme outro coroa de sessenta e cinco anos.

O Oscar era ativo na relação com o Carlos que não se satisfazia com o sexo do parceiro e numa das suas escapadas foi à sauna e conheceu Guilherme o coroa dos seus sonhos. Forte, peludo e bem dotado, além de ativo às vezes gostava de ser passivo.

Após alguns meses Carlos levou o Guilherme para a casa do Oscar para apimentar a relação e de cara houve a química entre os três e o primeiro sexo entre eles ocorreu como “trenzinho”, porque num mesmo ato, Guilherme metia no Carlos, enquanto o Oscar metia no Guilherme. Louco não?

Depois de um ano Oscar liberou geral e também começou a ser o vagão central, enquanto ele enrabava o Carlos, o Guilherme satisfazia-se metendo no Oscar. Os três também praticavam simultaneamente sexo oral e anal, o que amarrou de vez os três na relação – Conjunção perfeita!

Em 2013, eles decidiram morar juntos numa chácara no interior paulista, após Oscar mudar de atividade profissional dedicando-se à criação de cães.

Interessante nessa história verídica é o ciúme dos três quando um parceiro do trio insinua-se para um quarto elemento, todos se vigiam porque estão envolvidos emocionalmente. Enfim, eu penso que esse é um caso raro de triangulo amoroso, pois a tolerância vai além dos limites das emoções.

Tudo bem, que ninguém é dono de ninguém, mas neste caso cada elemento do trio tem dois amores e isso é fácil de compreender, pois é possível amar duas pessoas.

Neste triangulo ninguém sacrifica seus desejos, há uma conjunção ideal entre o romantismo e os desejos carnais, mas ai de quem sair da linha!

O amor é lindo e mesmo assim tudo é efêmero, pois quando um dos parceiros partir ou falecer como fica essa história? Possivelmente, chegará ao fim, ou não?

E saber que a maioria dos gays vive sozinho…

Também, esse tipo de situação é fetiche para muitos gays.

Sobre Regis

57 anos de idade, residente na cidade de São Paulo

Publicado em 15/01/2016, em Relacionamento, Sexo e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. Jean Dantas

    É um relacionamento que todos devem ter muito maturidade, para a coisa fluir de forma livre, pois é muita testosterona junta, rs

  2. Gostei do triangulo amoroso,é bom ser feliz e entender o outro.

  3. Ótimo artigo! Essa situação de se apaixonar ou amar mais de uma pessoa ao mesmo tempo realmente é comum. Eu mesmo já quis construir um relacionamento com 4 caras, 5 comigo! Kkkk. Infelizmente, ainda não fiquei com nenhum dos 4 e já desisti de 2! Cada um tinha uma característica que me atraía e me despertavam vontades diferentes. De 2 eu queria cuidar, um eu queria mais pelo sexo que parecia ser ótimo e porque eu sabia que ele também me queria, outro pela voz grossa que já me fazia imaginar a grossura do resto e pelo corpo espetacular do jeito que eu gosto… Enfim, queria juntar todos e formar uma “bela família tradicional”! Kkkk. O mais engraçado nisso tudo é que particularmente, sempre me vi e ainda me vejo dando mais certo em um relacionamento monogâmico. Até mesmo no sexo, não tenho aquela vontade absurda de fazer a 3 ou a mais pessoas. Na minha imaginação eu ficaria com um em cada dia e eventualmente nós todos ficaríamos juntos transando! Coisas de Márcio. Kkkk. Como nunca se sabe o que a vida nos reserva, é sempre bom estarmos preparados para aprender com novas experiências e não desperdiçar oportunidades! !

  4. Angelo Quiron

    Por que não???
    Que dure até acabar… Depois a gente vê o que faz….

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: