Relacionamento homoafetivo – Ser Feliz ou ter razão?

sublimacao_homossexualToda relação um dia chega ao fim – Para alguns esta afirmativa somente é válida com a morte do parceiro, mesmo sabendo que a morte é um dos menores indicadores de separação entre gays, pois na prática todos os dias casais se separam por diversas situações.

Casais gays permanecem juntos, mas não se sentem satisfeitos. Acabam reclamando com frequência das decepções causadas por brigas, discussões e desconfianças.

Situações mal resolvidas são realmente difíceis, mas costumo dizer que nada é impossível nesta vida. Se desejarmos com o nosso coração, acabamos realizando as mudanças mais inusitadas.

Arriscar na própria transformação é a única maneira de realmente tentar reinventar uma relação de amor.

Quando mergulhamos nas nossas fraquezas, sempre acabamos por descobrir a intransigência, o orgulho, a prepotência e o próprio desgaste pessoal. Além da falta de amor próprio e a desonestidade consigo mesmo.

Quando procuramos uma válvula de escape num outro relacionamento para preencher o vazio interno, na maior parte das vezes estamos com muita vontade de ter razão e pouca vontade de ser feliz.

Eu conheço um casal que vive junto há mais de vinte e cinco anos e eles reinventam a relação todos os dias, porque existe amor e consequentemente tolerância, pois o mais velho tem suas limitações físicas e sexuais e isso não é empecilho para desgastar a relação. O mais novo não vê a necessidade sexual como motor para busca de outros parceiros. Como ele diz: Existem mil maneiras de fazer sexo e sentir prazer com o parceiro que você ama.

Se um dos envolvidos realmente decide assumir suas próprias dificuldades e elimina o hábito de apontar o outro como a causa absoluta de seus desagrados, o amor tem grande chance de reviver e sobreviver.

As relações costumam variar de casal para casal, mas na essência o conceito é igual para todos os casais, inclusive, os heterossexuais.

Relações estáveis entre gays tem uma variável que é a ausência de filhos.  O número de casais que tem filhos adotivos é mínimo e a maior prevalência está entre as mulheres homossexuais.

Eu terminei um relacionamento que mantinha há vinte anos, porque conheci outra pessoa que me fazia feliz e mesmo na incerteza arrisquei noutro relacionamento que já dura quase sete anos. Entre ser feliz ou ter razão eu optei por ser feliz.

Hoje comparando as duas relações eu percebo que a anterior foi ótima enquanto durou e o desgaste foi natural porque o antigo parceiro já não tinha prazer em fazer coisas comigo, era cada um pro seu lado. Eu percebi isso e fui levando até o dia que me permiti conhecer outra pessoa, eu buscava atenção, afeto e carinho e o sexo foi algo natural.

Enfim, termino este post dizendo aos leitores que é preciso se ligar em alguns indícios que alertam sobre quando um relacionamento está chegando ao final, se é que já não terminou. O que pode acontecer, também, é justamente o contrário, de você saber que o relacionamento está por um fio e o seu companheiro não ter se dado conta disso.

Outra coisa que é preciso avaliar num relacionamento desgastado é se realmente é amor ou apenas comodismo.

Sobre Regis

57 anos de idade, residente na cidade de São Paulo

Publicado em 10/12/2014, em Relacionamento e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Com os meus 44 anos,sendo que iniciei ou assumi para mim mesmo minha preferência,embora esconda de todos por medo da discriminação que vejo na própria família quando o assunto é gay.
    Tive um caso com amigo que tem 60 anos,pois adoro homens maduros,foram 5 anos de luta,não me arrependo, mas a bebida venceu…ainda procuro meu parceiro,espero poder encontrar um dia meu coroa…parabéns por esse post, tão importante para nós,gays.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: