Sexo anal entre gays

sexo_anal_gay_maduroO fato de ser um tabu ou representar algo proibido é um fator a mais para os homens considerarem o sexo anal atraente entre quatro paredes.

O sexo anal é uma das modalidades mais desejadas pelos homens, mas, para as mulheres, é bem diferente – a maioria delas não aceita ou simplesmente não gosta.

Dar o rabo é um tabu e ao longo da história o sexo anal foi conhecido como um “fruto proibido”.

Na impossibilidade de praticar o anal com suas mulheres, muitos homens procuram os gays, principalmente, travestis para satisfazer seus desejos. Também, enrabar alguém passa a ser um padrão quando se trata de pornografia.

Quanto aos gays, bem, aí é outra história.

É bom lembrar que nem todos os homossexuais praticam sexo anal, ou estou escrevendo alguma inverdade?

Os gays ativos gostam de estar no poder. Manter-se em vantagem pode ser muito excitante para eles, especialmente para aqueles que não são muito dominadores no seu próprio dia a dia.

Existem parceiros que tem os seus papéis sexuais muito bem definidos e não tem nenhum problema na relação sexual, porque cada um sabe exatamente o que quer e isso ajuda a manter a relação por longos períodos.

Os papeis sexuais entre gays não são fixos e podem variar de acordo com o momento ou o parceiro. Não existe aquilo de “uma vez ativo sempre ativo”. Hoje pode fazer o papel de ativo e amanhã de passivo.

Os gays com problemas de aceitação do papel do passivo sofrem com problemas psicológicos. É uma luta constante para derrubar tabus que vão desde a submissão passando pela dor física e medo de doenças, até os questionamentos da própria sexualidade – Se gostam de pegar e acariciar cacetes porque não gostam de senti-los dentro de si?

Sexo anal é cru e primitivo e isso aumenta a libido dos envolvidos. Quando um dos parceiros se coloca disponível para este tipo de situação, existe um fator a mais para que o outro se sinta excitado.

O fato de um parceiro desejar sexo anal pode demonstrar o quão íntimo está de seu parceiro. O sexo anal exige preparo, comunicação e muitas preliminares para que o ato aconteça. Esta modalidade demonstra amor e confiança do parceiro que está disposto a oferecer tudo o que o outro deseja.

Existem diversos tabus e lendas de que o sexo anal é prejudicial à saúde ou que causa lesões irreversíveis no canal anal e no reto. O máximo que pode ocorrer são dores ou sangramento, além de todos os cuidados com a higiene e a precaução contra doenças sexualmente transmissíveis.

O Ponto G masculino: Sim ele existe e está localizado na parede retal anterior a cerca de 8 cm da abertura anal e quando manipulado de forma delicada gera prazer para o passivo, aliás, gera prazer para qualquer homem, inclusive heterossexuais que recebam carícias nessa região.

O sexo anal entre gays não é obrigatório, mas deve fazer parte da rotina do casal porque é o sexo que segura um relacionamento mais duradouro, mesmo que a relação sexual não passe de cinco minutos. Ninguém vive somente de amor, paixão ou brincadeiras sexuais, o sexo anal completa o cenário.

Recentemente eu escrevi sobre a sublimação do sexo entre gays idosos. Sublimar é amputar a sua natureza. É óbvio que existem mil motivos para não querer sexo. No contexto sexual, o anal é apenas mais uma entre tantas possibilidades da pratica do sexo entre iguais.

Para os gays idosos, o papel do passivo gera muito desconforto, principalmente, devido à perda da libido, além do envelhecimento do corpo e de doenças que afetam a região anal. Já o papel do ativo tem outras variantes e a ereção é um dos principais motivos de sublimação, mesmo com um aparato de medicamentos disponíveis no mercado. Acho que tudo é questão de cabeça porque na juventude o processo do sexo anal é mais doloroso psicologicamente.

Os gays podem e chegam ao orgasmo com frequência no sexo anal, muitos chegam ao orgasmo com uma punheta. Outros não chegam a gozar, mas sentem-se altamente estimulados. As maiores possibilidades de orgasmo na relação anal é quando o passivo pratica contrações musculares da região pélvica, que aumenta sua excitação, somada ao efeito da fantasia excitante de estar sendo penetrado pelo companheiro.

A excitação aumenta também no sexo anal quando os participantes estão envolvidos em muita fantasia e imaginação, muitos têm orgasmo sem qualquer outra estimulação, na verdade a experiência, a excitação e a erotização individual são determinantes na resposta sexual.

Portanto, como diz um amigo: relaxe e goze! Sem constrangimentos ou medos.

Leia também:

A sublimação do sexo entre iguais

Caro leitor, eu já estou em ritmo de férias, portanto, não estranhe a falta de novos posts nas próximas três semanas. Um abraço a todos, Regis

Anúncios

Sobre Regis

57 anos de idade, residente na cidade de São Paulo

Publicado em 22/05/2013, em Sexo e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 13 Comentários.

  1. No início, vc deixa subentendido, que muitos homens (héteros) buscavam e buscam na atualidade se satisfazer penetrando gays, principalmente travestis… Para mim, esses homens são gays enrustidos.

  2. Eu e meu parceiro somos loucos um pelo outro, mas temos alguns probleminhas com relação a isso, sou versátil mais ativo, meu parceiro é versátil, porém na maioria das vezes ele é ativo, coisa que eu gostaria de ser, mais ativo. Ele diz que sente muita dor, mas acredito que seja tudo psicológico

  3. Só transo com coroas e naturalmente todos eles são casados; nunca encontrei nenhum deles que não preferisse ser enrabado – homem casado gosta de ser passivo -, por isso, nunca são ativos, pois, já os são (ainda que obrigados), com suas esposas.

    • Nem todos os coroas são casados. Eu sou, e só sou passivo. Não me excita pensar em comer um homem, uma mulher sim. E não trepo obrigado com minha mulher, faço porque gosto.

      Na minha experiência, nem tão pequena, vejo muitos homens casados que são somente ativos. Como não frequento lugares gay habituais, só saunas, não sei o quanto o que o Abas diz é verdade. Mas em saunas já transei muito com casados.

  4. Gostei do post! Que imagem excitante, seria mais, se fosse um jovem com um idoso… Eu, rsrs. Ao meu entender, os gays com problemas de aceitação do papel do passivo sofrem com problemas psicológicos, por não aceitar a homossexualidade.

    • Acho que você tem razão. Eu demorei a assumir que era homo também. E aí descobri, com muito prazer, que é ótimo ser passivo

  5. Rogério Fernandes

    Gostei de tudo que li. Parabéns pra quem escreve este blog.

  6. O sexo oral e anal é imprescindível na minha relação. Eu sinto todo o prazer do mundo quando sou penetrado. ô coisa boa…!!!!

  7. Manuel ALBERTO

    Assunto nunca esgotado. Parabéns por mais este esclarecimento.
    Alberto

  8. jÚLIO CÉSAR DA CONCEIÇÃO

    Com meu namorado tudo é valido entre quatro parede nós adoramos se entregar ao prazer que tesão só em pensar kkkkkkkk

  1. Pingback: O blog dos Grisalhos completou cinco anos | Grisalhos

  2. Pingback: Lupo nega que seu comercial com Neymar seja homofóbico | SCOMBROS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: