Personalidade: André Gide

André Paul Guillaume Gide nasceu em Paris em 22 de novembro de 1869 e faleceu em 19 de fevereiro de 1951.

André Gide era homossexual assumido, bem como, falava abertamente em favor dos direitos dos homossexuais. Escreveu e publicou entre 1910 e 1924, o livro Corydon destinado a combater os preconceitos homofóbicos da sociedade de seu tempo.

Corydon é o título de um conjunto de ensaios sobre a homossexualidade, cujo título foi inspirado no personagem homônimo de Virgílio. O texto foi publicado separadamente entre 1911 e 1920, e o livro completo teve a sua primeira edição em 1924.

Gide era um homem muito à frente do seu tempo que sustentava que a homossexualidade existia nas civilizações culturalmente e artisticamente mais avançadas, como na Grécia, na Renascença italiana e na Inglaterra, o que se refletia em escritores e artistas como Homero, Virgílio, Ticiano e Shakespeare e nas suas representações das relações homem com homem, como as de Aquiles e Pátroclo, uma relação homossexual não platônica ou de amizade.

André Gide sugeriu que a homossexualidade é mais fundamental e natural que a heterossexualidade. Ele também acreditava nas virtudes das minorias e foi através da literatura que se opôs aos preconceitos da sua época.

Em 1947 recebeu o Prêmio Nobel de Literatura por seus escritos abrangentes e artisticamente significativos, em que os problemas humanos foram apresentados com um amor sem medo da verdade.

Para não fugir à regra em 1952 a sua obra foi incluída no índice de livros proibidos pelo Vaticano.

Lista de E-books do autor: André Gide

Anúncios

Sobre Regis

58 anos de idade, residente na cidade de São Paulo

Publicado em 20/04/2012, em Literatura, Personalidade e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. Paulo Azevedo Chaves

    Há várias décadas sou leitor e admirador fervoroso de André Gide e posso assegurar que a foto publicada no post não é de meu guru. Diferentemene desse idoso estampado no post, desde a maturidade o autor de O Imoralista, A Porta Estreita, Se o Grão não Morre, Os Moedeiros Falsos , do caudaloso Diário e tantos outros livros importantes era calvo. Na velhice sua cabeça parecia um ovo, sem nenhum fio de cabelo. No Wikileaks estão várias fotos dele que comprovam isso.

    • Paulo, obrigado pela correção. A foto publicada realmente não era do André, mas já corrigi, Portanto, quem ainda não leu o post não perceberá o erro.
      Errei ao postar o artigo e na hora de indexar a imagem peguei outra foto

      Abraços

  2. Paulo Azevedo Chaves

    De formação protestante,casado com uma prima,André Gide foi aos poucos tomando conhecimento da própria homossexualidade e em Corydon fez a defesa apaixonada dessa vertente sexual.Em outro livro, Os Frutos da Terra,ele exalta a fruição dos sentidos e dos desejos: “Satisfações, eu vos procuro! Sois belas como as auroras de verão”. Em O Imoralista ele conta, na primeira pessoa,a paulatina descoberta da própria homossexualidade pelo narrador Michel.Essa descoberta se dá entre os sensuais adolescentes árabes na África do Norte, onde Michel fora recuperar a saúde depois de uma grave doença.Este livro foi a Biblia gay de minha adolescência.Escritor múltiplo,que se expressou com maestria em vários gêneros, Gide ousou “sair do armário” numa época em que isso exigia extrema coragem para enfrentar todo tipo de repressão e preconceitos.Entretanto, tenho um reparo a fazer.A foto que ilustra o post não parece ser a do autor do belo Se o Grão Não Morre. Na verdade, André Gide era inteiramente calvo e tinha um rosto longilíneo, algo mongoloide.

  3. Muito interessante as colocações deste pensador” virtude das minorias”. Desconhecia este

    autor, vivendo e aprendendo com os grisalhos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: