Teatro: Um brinde à solidão a dois

O diretor teatral Sebah Vieira volta aos palcos de São Paulo com um texto de Miguel Adamanto sobre o sentir-se sozinho. “Um Brinde à Solidão a Dois” retrata o relacionamento entre homossexuais e a solidão em um contexto geral.

“Um Brinde à Solidão a Dois” – 15 de março a 28 de junho
Quinta-feira, às 21 horas
Teatro do Ator: Praça Roosevelt, 172 – Consolação
Tel.: (11) 3257-3207

Anúncios

Sobre Regis

57 anos de idade, residente na cidade de São Paulo

Publicado em 29/02/2012, em Teatro e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Paulo Azevedo Chaves

    Solidão independe da presença física de um outro ou de outros junto a nós.Há pessoas que parecem ser vocacionadas para o isolamento físico e psíquico em relação aos semelhantes, embora com outras aconteça justamente contrário.Quanto a mim,estou entre as primeiras e concordo com o que escreveu o escritor e filósofo francês Jean-Paul Sartre numa frase que ficou famosa: “O inferno são os outros”. E eu acrescentaria: “O inferno para mim é morar com outro ou outros sob o mesmo teto”. Aplausos para a solidão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: