Liberdade e ciúmes dos gays maduros

Quando envelhecemos temos propensão à solidão, própria do universo gay. Aí encontramos um parceiro para o sexo.Do sexo para uma relação estável, é uma questão de pele, ajustes no relacionamento, afinidades, objetivos comuns, etc.

Quando a relação fica desgastada ou quando acaba o tesão de uma das partes, principalmente, do mais jovem, muitos casais fazem acordos para relacionamentos abertos.

Eu tenho muitas histórias sobre esse tipo de situação envolvendo os gays maduros e idosos.

Tem um caso de uma relação de mais de 25 anos, onde o mais jovem, hoje com 48 anos sai para procurar parceiros para o sexo, mas mantêm a relação de amizade e convivência com o gay idoso. Recentemente, ouvi desse amigo que ele permite a relação aberta desde que ele não conheça o outro homem. Eu perguntei se essa condição tinha a ver com ciúmes e ele confirmou minha certeza.

Moral da história: deu liberdade ao parceiro, mas tem ciúmes e não quer se sentir inferiorizado perante o outro homem.

Outro caso eu tomei conhecimento  na semana passada. Dois amigos tem relação estável há mais de seis anos e o mais velho não tem mais tesão para fazer sexo. Eles não conversaram sobre o assunto e o mais jovem encontrou outro  parceiro e o tiro saiu pela culatra. Apaixonou-se pelo coroa de 60 anos. O meu amigo solitário e idoso está com sérios problemas psicológicos e caiu de cabeça na bebida para esquecer. Não aceita o fim do caso e ainda tem acessos violentos de ciúmes.

Moral da história: Quando a relação não tem mais sexo todo o cuidado é pouco. Dificilmente, você vai se sair bem. Perde a amizade e fica mais sozinho.

Eu conheço um gay de 49 anos e que tem uma relação há mais de 20 anos. Abriram a relação, por conta da condição física do mais velho.  Frequentemente, eu encontro o mais jovem paquerando pelas ruas e estações do metrô de São Paulo.

Moral da história: Ele está buscando um substituto à altura do seu parceiro, mas como não encontra, vive aqui e ali na pegação. Esse tem tudo para ficar sozinho na velhice.

Esse tipo de negociação entre os parceiros visa manter a amizade  e não privar o mais jovem do sexo. Nem sempre isso é bom, porque muitas relações abertas acabam em brigas e o desgaste é tanto que ambos ficam sozinhos. Daí, eles dividem as coisas materiais e os amigos. Fica uma coisa muita estranha.

Os gays são ciumentos por natureza devido ao hedonismo predominante no meio gay. Ninguém quer ser a “outra” na relação, ninguém quer ser passado para trás.

A relação aberta é uma moeda de troca para evitar os problemas decorrentes da solidão, mas na hora H, o ciúme pega forte e aí sai de baixo.

O que escrevo não é uma verdade absoluta, mas quem já é idoso sabe bem do que estou falando. Muitos não dão o braço a torcer e dizem que estão em plena forma para o sexo.

Será que é por isso que eu recebo dezenas de e-mails de jovens reclamando dos gays maduros e idosos que só querem sexo e não querem compromisso?

Bem, isso é assunto para outro post.

Anúncios

Sobre Regis

58 anos de idade, residente na cidade de São Paulo

Publicado em 03/08/2011, em Comportamento, Relacionamento, Sexo e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. Tobias Roça

    Tenho fé de que o que falta no mundo homossexual é amadurecermos para a construção do amor entre os parceiros. A maioria de nós é volátil e fútil em seus sentimentos. Lamento constatar, no dia a dia, que somos frágeis emocionalmente por não termos ainda edificado relações de afeto que não se restrinjam à periferia dos sentimentos mais profundos de uma relação a dois. Ao frequentar os portais destinados à nossa comunidade, qualquer um constata que somos muito pobres, intelectual e moralmente. Basta observar as agressões estéreis e crueis que são assacadas contra quem discorda de alguém ou tem opiniões diferentes dos agressores. Isso é sinal de imaturidade. Marca de personalidades infantis que não sabem valorizar o amor, o verdadeiro, aquele que aproxima as pessoas, projetando um futuro de crescimento humano para os dois, em plena parceria afetiva.

  2. edgarsaldanha

    Parabens, matéria objetiva e direta, mais real que o Rei. Infelizmente a condição humana tem seus desencantos. Creio o ciume permeia toda condição humana, seja que nivel for, até a criança não escapa. Mas em se tratando de nós a dimensão chega ao nivel do cruel. Como poderiamos estar trabalhando em nossas mentes a questão. Eis a questão! Seria uma contribuição que aliviaria muitos sofrimentos e evitaria alguns percalços c/vc. ilustrou.
    Obrigado.

  1. Pingback: Os gays maduros e as relações abertas | Grisalhos

  2. Pingback: Mais sobre relações estáveis entre gays « Grisalhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: