Gay maduro, onde está o seu amante?

Não existem formulas mágicas para ser feliz. Na maturidade e na velhice os gays se conformam simplesmente com “ir levando” a vida.

Eu penso que ir levando é ter medo de viver, porque vigiamos a maneira como os outros vivem e nos conformamos com a nossa vida.
Ir levando é afastar-se das coisas gratificantes ou observar compulsivamente cada ruga nova que o espelho mostra. Os gays tem pavor de rugas!

Ir levando é se aborrecer com quase tudo ou adiar a possibilidade de desfrutar o hoje, fingindo se contentar com a incerteza e a ilusão de que possamos realizar algo amanhã. Os gays tem medo da discriminação social e se contentam com quase nada!

Sempre nos esquecemos de que talvez amanhã seja tarde para realizar as coisas que adiamos. Como por exemplo: encontrar um parceiro, um amante ou um amigo. A vida não é somente sexo, mas pela sexualidade nos sentimos realizados em tudo na vida.

Basta observar atentamente e perceber que os solteiros e sem companheiro, os chamados “sozinho” tem vida monótona e sem perspectivas, trabalham apenas para sobreviver, não sabem como ocupar o tempo livre e estão perdendo as esperanças. Os gays ficam enfiados dentro de casa vendo TV ou no mundo virtual da Internet.

Na verdade do que precisamos é de um AMANTE, que nos apaixona e que toma conta do nosso pensamento antes de pegarmos no sono e é aquilo que muitas vezes nos impede de dormir. O amante é aquilo que nos mantem distraídos ao que acontece à nossa volta.
É o que nos mostra o sentido e a motivação da vida. Como é bom ter um amante e ter tanta coisa para se preocupar e pensar.

Ir levando, não leva a lugar algum. Eu ouço sobre isso todos os dias e quando não ouço eu percebo em atitudes e comportamentos. A realidade dos gays na maturidade não é cruel.
Temos que considerar que o mais importante é a saúde, depois vem outras coisas como a segurança e as necessidades básicas.

Ninguém ensina para ninguém qual é o caminho para gostar da vida.

Lembra-se do filme: O Golpista do Ano, com Rodrigo Santoro e Jim Carey? Pois é, basta um amante pra nos motivar para a vida.

O psicólogo, Jorge Bucay afirma que o trágico não é morrer, afinal a morte tem boa memória e nunca se esqueceu de ninguém. O trágico é desistir de viver

Créditos: Texto adaptado do original – Quem é o seu amante? do Psicólogo Jorge Bucay.

Anúncios

Sobre Regis

57 anos de idade, residente na cidade de São Paulo

Publicado em 31/03/2011, em Comportamento, Qualidade de Vida, Sexualidade e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Eu as vezes sinto vontade de ter um amante. Que problemas temos? Primeiro, uma coisa é uma trepada avulsa, mesmo repetida. Como é só sexo, não se precisa de muito mais.
    Amante é um pouco diferente. Sexo pode ser, e é, a motivação principal. Mas precisamos ter afinidade com o amante, alguma. social, intelectual, política ou uma combinação disto.

    Bem, é possível sim, só que Regis fala do amante permanente, o companheiro do gay que, em geral, com ele vive. Eu falo de amante que é o/a não esposo/a, aquele com quem temos só prazer em estar junto, e que, além disto, é também parceiro/a sexual.

    Mas, muito discutido aqui, é, para os homo, ter alguém para algo mais do que fast foda. Seria para sair, curtir a vida, enfim, aí deixa de ser amante para ser um (quasi) esposo ou namorado.

    Bem, para nós viados casados com mulher, não dá. E para os não viados também. Explico, tanto homo quanto héteros quando se relacionam com uma mulher ou homem que tem uma expectativa de relação amorosa que vá além do sexo, encontram, em geral, alguém que quer, mesmo que de início não admita, que você deixe o/a esposo/a para viver com você.

    Daí que homens, em geral, procuram amantes casados/as. Desde o início fica claro que limites a relação vai ter.

    O problema que eu, e acho que todo mundo, enfrenta é que achar alguém assim é raro.

  2. Eu me sinto assim! eu queria tanto encontrar um AMANTE pra mim. Mas é tão difícil…
    o que que acontece? nem eu sei responder.

    • Clodoaldo

      As respostas estão no texto do post.
      Nada é difícil quando se tem determinação e também. com uma boa dose de sorte.
      Se está dificil é porque os gays que voce procura estão confinados dentro de casa, isolados do mundo. E você? tem saído para procurar?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: