Gay maduro e a vida sexual recheada de novos parceiros

No twitter do Flavio Gikovate ele disparou: Quem busca uma vida sexual recheada de novos parceiros pode muito bem não se casar. A qualidade de vida dos solteiros é, hoje, muito boa.

Quando pensamos nas relações estáveis temos que considerar também as afinidades que envolvem os parceiros, uma intensidade sentimental, além de uma cumplicidade que não deixa espaço para infidelidade.

Eu penso que as experimentações de vários parceiros é saudável para trabalharmos a nossa sexualidade, a identidade dos papéis e nos adaptar às preferências sexuais compartilhadas.

Tem gente que gosta de experimentar vários papéis e com parceiros diferentes. Eu conheci gays que eram ativos com aqueles mais efeminados e passivos com os másculos. Dá para entender?

Na maturidade há uma tendência natural de acomodarmos nossos desejos e nos fixamos em papéis mais sentimentais. Substituímos o sexo por uma companhia, um bom papo, um carinho e um chamego.

O Flávio Gikovate não se referiu aos gays, mas aos solteiros em geral e realmente a qualidade de vida atual é muito boa, inclusive dos gays.
Esse novo cenário permite a você escolher se quer ou não um parceiro fixo ou se prefere ficar sozinho e experimentar vários parceiros.

Eu observo muitos anúncios de classificados gays na Internet e a maioria declara não querer compromisso sério, preferencialmente, sem envolvimento emocional. Isso indica que esses gays não querem vínculos afetivos e tenha a certeza que a maioria é maduro e até idoso.

O século XXI é um período marcado pelo individualismo, talvez aí esteja a razão de buscarmos preservar nossa individualidade e reservamos pequenos espaços do nosso tempo para as relações eventuais com diversos parceiros.
Isso não quer dizer que as relações estáveis estão fora de moda, mas apenas uma constatação de que o individualismo não permite invasão de privacidade, logo, a vida sexual pode estar recheada de novos parceiros, ou não?
Observe a segunda imagem deste post – é um pub gay na República Tcheca, frequentada apenas por gays solteiros e a maioria é gay maduro.

Anúncios

Sobre Regis

58 anos de idade, residente na cidade de São Paulo

Publicado em 10/11/2010, em Relacionamento, Sexo, Sexualidade e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Continuo achando que sexo com afeto é muito mais gratificante. Estou, cada vez mais, tentando ser flexível em todos os sentidos. Por isso, respeito e compreendo os que buscam o sexo pelo sexo, com a testosterona à flor da pele. Mas penso que bom mesmo é fazer sexo com quem se tenha afeto, pelo menos de amizade ou aquele sentimento em que as peles são complementos de alguma coisa a mais, além de um pênis e um ânus.

  2. O individualismo e a procura por parceiros diversos, não tem nada a ver com o século XXI, não. Isso já vem de primórdios e está ligado ao caráter de cada indivíduo. Você tece um texto como se tudo isso fosse normal, como se isso fosse próprio de um ser humano normal, que conhece gente na rua, na igreja, no shopping, no bairro, etc. Cara, trata-se de sexo puro, bruto, nu, com cheiro, com saliva, com fluidos, com cheiro de boca, de bunda, etc. É normal isso? A emoção, o sentimento, a verdadeira amizade,o amor, a saudade é o que verdadeiramente nos movimenta. Sexo sem isso é coisa de gente fria, sem piedade, sem dó, sem amor, sem nada. Você teria é que ter dó desses hedonistas que procuram aventuras para satisfazer o próprio ego, não fazer apologia a esta condição deprimente.Obrigado!

    • O sexo é bom e todo mundo gosta, se tiver sentimento melhor ainda, mas na falta desse, o sexo é sexo desde os primordios da humanidade. Para quem não tem companheiro fixo e está sozinho o sexo é livre, é no sexo que se iniciam as relações de paixão, amor e até de saudade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: