Bares gays

Um bar gay é um local que atende exclusivamente, ou principalmente gay, lésbica, bissexual e transgênico como clientela – o termo gay é usado como um conceito geral.

Os bares gays servem como centro da cultura gay e é um dos poucos lugares de freqüência de pessoas com mesmas orientações de sexo e gênero que podem abertamente se socializar.

Em São Paulo eu me lembro do Ferro’s Bar – Na geografia da marginalidade paulistana há um lugar reservado para esse bar do centro da cidade que, durante muito tempo, foi o principal ponto de encontro das lésbicas. Lá no dia 19 de agosto de 1983 houve uma resistência e manifesto pelos direitos das lésbicas.

O mais interessante na cultura do Bar Gay é que não existe diferença de classe social e todos estão ali porque se identificam com o clima do lugar, é como se fosse uma família gay, onde ninguém discrimina a sua orientação sexual. Há também uma certa afinidade entre os freqüentadores mais assíduos, principalmente, para os mais velhos que vivem sozinhos.

Os bares são locais que oferecem distrações como conversa, álcool, música e algumas vezes danças e espetáculos e são propícios para a procura de parceiros, para sexo e amizade, além de centros de convivência e ponto de referência para a maioria das comunidades GLS. Nas últimas 4 décadas do século XX, os bares foram locais de movimentos políticos e sociais das comunidades gays em todo o mundo – ver Stonewall.

Na capital paulista ainda tem o Caneca de Prata um dos mais antigos e tradicionais bares gays do Brasil, tinha o Anjo’s Bar na Rua da Consolação, o Paribar para os gays mais endinheirados e tantos outros nas imediações do Largo do Arouche que nasceram e morreram prematuramente.

Os bares gays de décadas passadas tinham um ar de “buteco”, de marginalidade, de transgressão e do politicamente incorreto.

Quem não freqüentou um bar gay não faz idéia de como é viver a plenitude da homossexualidade, dos porres de cerveja, caipirinha ou cachaça, das conversas sem pé nem cabeça, de personagens sui generis, das cantadas e beijos com cheiro de álcool, de choros compulsivos, de alegrias efêmeras, de momentos mágicos e de libertação.

Você se lembra de algum bar gay na sua cidade?
Então registre algumas informações nos comentários deste post.

Anúncios

Sobre Regis

58 anos de idade, residente na cidade de São Paulo

Publicado em 23/08/2010, em Curiosidade, História e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Sou jovem,bonito e louco por coroas acabei de mudar pra Campinas e gostaria de informações.Se alguem puder me informar quais são os locais onde eu possa encontrar coroas discretos.Agradeço desde já….abraço a todos

  2. O mais conhecido e antigo local de homens maduros é o ACB Bailão, principalmente, às quintas-feiras – site http://www.abcbailao.com.br

  3. Qual é o melhor bar ou clube para encontrar homens maduros em SP?
    sou de BH e vou passar uns dias em SP e não quero sair sem rumo.
    Agradeço a ajuda.

  1. Pingback: A Promiscuidade anárquica e libertária dos gays « Grisalhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: