Arquivo mensal: julho 2010

O coroa de programa

É isso mesmo! Homens gays maduros e até idosos estão cobrando para fazer sexo.

Ouvi essa história de um amigo e nem acreditei, mas imaginar que “michê” é coisa de garoto ou adolescente é uma conclusão um tanto antiquada.
Este novo cenário na cena gay de São Paulo e de tantas outras cidades do Brasil é conseqüência da situação sócio econômica da população em geral e que também afetam os gays, principalmente, os desempregados, usuários de drogas e aposentados.

O mundo moderno é capitalismo puro. Tempo é dinheiro e isso também existe no mundo gay.

Coroas de programa são aqueles que um dia foram garotos de programa e não conseguiram se estabelecer na vida e continuam até hoje na profissão – Essa afirmação nem sempre é verdadeira, continue lendo este post…

Meu amigo me contou que abordou um coroa na avenida Paulista e o cara nem era tão gostosão assim, mas se surpreendeu ao ouvir o pedido de R$ 100,00 para fazer o programa. Pagou e teve o coroa por 3 horas e com direito de escolha para todas as coisas que ele desejava fazer.

Curioso ele perguntou ao coroa porque ele cobrava para fazer sexo e ouviu uma resposta interessante:
Cobro porque preciso me manter e apenas descobri que poderia ganhar dinheiro com sexo depois que fiquei desempregado e com muitas contas para pagar. Hoje aos 58 anos não tenho mais oportunidades de trabalho e cobrar por sexo foi a única alternativa que encontrei para sobreviver.

Descobri também que muitos jovens e executivos gostam de gays mais velhos e aproveitei a oportunidade para ganhar dinheiro.

Moral da história: este coroa fatura uma média mensal de R$ 2.500,00, apenas com sexo e ele nem freqüenta saunas ou boates porque nesses locais todos os gays acreditam que é o sexo pelo sexo e que tem que ser gratuito, apenas pelo tesão.
Ele fatura essa grana apenas circulando por avenidas e praças da cidade e dando atenção a todas as cantadas que recebe. Tem até agenda fixa com alguns clientes durante o mês.

Um deles ficou tão apaixonado que ajuda no pagamento do aluguel do apartamento no valor de R$700,00 – é o que o coroa chama de ajuda de custo.

Mais interessante ainda é que o homem nem tem acesso à Internet – faz um corpo a corpo diário se permitindo ser cantado e muito desembaraçado vai logo dizendo que cobra para fazer sexo. Também, deixa claro aos clientes que devem arcar com as despesas de preservativos, hotéis ou motéis e se for à noite muitas vezes ele cobra até o jantar.

Nem sei se esse assunto é polêmico ou não, mas eu achei interessante.

Por favor não me escreva para pedir o telefone do coroa, pois nem me dei ao trabalho de ser tão curioso com o meu amigo.

Quer escrever ou participar, então comente esta situação.

Anúncios

Mais sobre padres gays

O senhor aparentemente bonzinho e inofensivo da foto é o cardeal Agostino Vallini de Roma. Ontem ele pediu publicamente para os padres gays saírem do armário e deixarem a batina.

Atitudes desesperadas e inconseqüentes como essa demonstram claramente a falta de coerência e a homofobia da minoria de dirigentes heterossexuais da igreja católica.

Se todos os padres gays saírem do armário ou deixarem a batina, a igreja católica deixará de existir como instituição religiosa e assim talvez se confirme o terceiro segredo de Fátima – A ruína da igreja.

Eu acho que a única instituição que tem maioria gay é justamente a igreja católica. Nem faço idéia do percentual, mas talvez seja mais de 60%, frente à uma minoria em torno de 10% da população em geral.

Esse cardeal disse ainda que os gays nunca deveriam virar padres, mas ele se esquece dos bispos, arcebispos e cardeais gays dominantes e influentes na igreja ao longo dos séculos, da submissão, da pedofilia e dos abusos sexuais contra os próprios seminaristas.
A igreja católica sempre foi patriarcal e sempre impôs a imagem enrustida da dominação masculina e a submissão feminina.

Tanta hipocrisia perante a mídia mundial para esconder as suas próprias culpas que estão enraizadas nos seus dogmas, pois a igreja sempre aceitou os gays entregues por famílias patriarcais tradicionais para esconder da sociedade os seus filhos homossexuais e isso tudo também em troca de dotes.

igreja católica é um grande hospício que abriga todas as riquezas e loucuras do mundo, os pesadelos mais medonhos e as mentes mais perversas da humanidade.

Já não está na hora de mudar e sair do obscurantismo, dos tempos negros e sem esperança da Idade Média?

%d blogueiros gostam disto: