Fim da fantasia e a volta à realidade

Além de ser o ópio do povo brasileiro o carnaval também é a cocaína dos turistas. A televisão transforma os lares dos brasileiros numa ilha da fantasia e este ano o Brasil foi o destino preferido dos astros e estrelas.

Fim de festa e da ressaca, o mundo volta ao normal e por aqui choveu a noite inteira e a quinta-feira tem cara de segunda.
Ontem uma notícia vinda da Inglaterra me fez pensar sobre os valores e sentimentos das relações homossexuais.

O apresentador britânico Ray Gosling(foto) confessou ter matado o namorado que era um paciente terminal de AIDS. Somente ontem ele foi preso, mas a entrevista ocorreu em dezembro para a BBC.
Na entrevista para o programa Inside Out, Ray disse como ele matou o companheiro e também como eles planejaram o ato final.
“Nós tínhamos um pacto. Ele disse que, se as dores ficassem insuportáveis e não houvesse nada a ser feito, que não o deixasse seguir em frente. Quando você ama alguém, é difícil ver a pessoa sofrer”.

Quem vive do lado de cá do muro não se importa muito com esse tipo de notícia, mas eu acho muito importante pararmos para refletir sobre fatos e acontecimentos das relações gays em geral, porque todos nós temos nossos dramas diários.

Não importa o desfecho dessa história, o que fica é uma lição que pode ser de amor ou de fraqueza frente a situações difíceis.

Não sei se a morte é o melhor caminho – Deus nos deu a vida e não temos o direito de abreviá-la.
Anúncios

Sobre Regis

57 anos de idade, residente na cidade de São Paulo

Publicado em 18/02/2010, em Internet, Relacionamento, Sociedade e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Olá colega… Tbem. gosto de ler este tipo de artigo. Vivo um relacionamento com um pessoa de 76 anos há 20 anos. Como você fico preocupado com o comportamento destas pessoas que se encontram (tardiamente) em guetos atrás de sexo sem segurança, tentando saciar o tesão transando com quem aparecer pela frente. É um comportamento muito perigoso. Quem ama; ajuda, compartilha todos o momentos, sejam dificeis ou não. Mas, não se pode tirar a vida de de ninguem. E sim… Lutar juntos!Abraço; Val./SP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: