A velhice cruel dos gays idosos.

Você que lê este artigo pense na sua condição de homem gay inserido na sociedade brasileira.
É necessário pensar na velhice individual de cada cidadão e nas condições sociais em que vivemos.
Cada qual com seus problemas – mas na maioria das vezes os problemas são ou serão iguais para todos.
Uma certeza:você será um idoso daqui há algumas décadas ou daqui há alguns poucos anos ou já vive a velhice nos dias atuais.

Cena um: Mundo real em hospitais e asilos:

Muitos gays idosos vão para o asilo porque a família não tem mais laços afetivos ou porque vivendo sozinhos sem companheiros ou amigos, a única saída é procurar asilos municipais ou instituições privadas e pagas.
Os seus amigos gays que ainda não faleceram já estão no asilo, outros, que ainda tem amigos e companheiros seguem vivendo suas vidas de solidão e angustia – um prenúncio de depressão e muitos problemas de saúde física e mental.
Muitos idosos são reféns de famílias homofóbicas e o medo da senilidade os leva para os asilos, as doenças comuns nessa fase da vida os levam para os hospitais.
Os gays idosos são invisíveis na sociedade. Mas eles existem e a maioria sofre com sua condição. Muitos até tomam coragem e vão a lugares gays, mas os mais jovens ao perceberem a presença de um idoso no local fazem piada e os chamam de cacura ou bicha velha.

Cena dois: Mundo real da solidão:

O gay idoso das classes C e D têm muitas dificuldades de se inserir socialmente, portanto, ficam reclusos em casa na periferia das grandes cidades. O tempo passa e a solidão aumenta, geralmente, vivem em ambientes heterossexuais e freqüentam bares e botecos, jogam dominó ou baralho para passar o tempo. É o tio que não casou e vive num quartinho no fundo do quintal da casa de parentes.
Para esses idosos a aposentadoria não paga as contas do mês, nem os remédios e tratamentos necessários à manutenção da saúde.

O gay das classes A e B também têm muitas dificuldades de se inserir socialmente e ficam reclusos em casa ou no apartamento das regiões centrais das cidades ou trocam de residência para regiões litorâneas. O tempo passa e a solidão aumenta, geralmente, vivem em ambientes mistos, tanto hetero como homossexual e freqüentam locais gays, shopping Center, saunas, praticam ginástica e natação para passar o tempo. É o gay intelectual e fechado no seu mundo e tem poucos amigos.
Para esses idosos a aposentadoria ou a previdência privada pagam as contas e ainda sobra recurso para viagens, clínicas e alguma diversão.
A única condição que ambos são iguais é a velhice cruel para a maioria deles. Não existem instituições religiosas ou ONGs especializadas em gay idoso. Vá a uma missa ou a um culto e tente encontrar um – estão invisíveis e fazem de tudo para não mostrar a identidade. Os gays idosos se calam e não compartilham sua vida com ninguém por conta dos preconceitos.

Cena final: Mundo real do isolamento, das doenças e da morte

Um ser humano de luz com jovialidade e alegria – uma vida plena, alegre repleta de amigos e parentes. Sonhos realizados, viagens semanais, roupas de marca, festas e baladas – O mundo parece infinito.

O tempo passa e a maturidade chega junto com as preocupações de realizações pessoais – o trabalho e a carreira, além de patrimônios e bens de consumo. Nesta fase da vida é você quem paga a conta e paga para ter amigos.
A velhice chega e a luz esmaece – as rugas marcam o rosto e as dores musculares são freqüentes. Breve fará cirurgias e será dependente de remédios controlados.

Os amigos desaparecem e você fica cada dia mais sozinho – você está vivo e ainda tem desejos, quer companhia, afeto e amor. Não há mais ninguém para acalentar o seu dia – O isolamento entra em cena.

Então, chegam o sofrimento e os problemas psicológicos – a solidão e o esquecimento.

Viver passa a ser um fardo e o gay idoso gostaria de dormir e não acordar, mas preferencialmente sem dor.
O idoso se transforma numa sombra de toda uma vida, um João ninguém, um estorvo social e gradativamente se torna um ser invisível e desaparece no mundo dos átomos, imperceptível aos olhos humanos.

================================================================================

Anúncios

Sobre Regis

58 anos de idade, residente na cidade de São Paulo

Publicado em 15/10/2009, em Comportamento, Internet, Sociedade. Adicione o link aos favoritos. 12 Comentários.

  1. Adriano Reis

    Na Velhice a sexualidade se torna uma lembrança remota, tanto para os que são gays quanto para os que são héteros.
    As famílias não querem saber dos velhos, independente do que foram na vida.
    O ser humano na verdade é o animal mais cruel do universo.

  2. Carlos Lexander

    Sendo gay ou não a vida é assim, nascemos sozinho morremos sozinho. Solidão ninguém escapa, o importante é ser amigo de todo mundo …Pra ter bem estar temos que cultivar o espirito, a saúde mental etc…o pior cego é aquele que deixa de viver por causa da sociedade, muita gente é infeliz mesmo antes de chegar na velhice. o importante ser feliz pois estamos de passagem aqui na terra o nosso corpo é emprestados…

  3. eu vou citar a rainha da fossa NORA-NEY: (ela cantava mais ou menos assim:
    e hoje de fracasso em fracasso
    cansada da vida cansada de mim
    velhice chegando… e eu chegando ao fim…
    ninguém me ama
    ninguém me entende
    ninguém me quer…….

    obs: fia, nasce de novo porque o teu caso não tem jeito
    nos fim dos anos 50 a psiquiatria tava muito atrasada…..

    concordo com tudo o ke foi dito no post. È fato.
    pergunta: alguém aki tem bola de cristal e sabe quanto tempo vai durar?
    então o ke nos resta: VIVER.
    vê o que tem pra hoje meu irmão…viver relações possíveis. A pior coisa é se recusar a
    lidar com a verdade, relações estávéis são um pouco sem graça sim….. mais freia loucura
    e doenças, o cérebro responde com mecanismos de recompensa, o que é ter saúde
    (bem estar fisico social e mental)
    acho pelo perfil das pessoas que frequentam este blog, já vivenciamos estórias de amor
    seria muito infantil da nossa parte sonhar com o principe encantado já passamos da idade…
    Mas também somos muito jovens para bancar um bofe….pra mim não dá……
    vamos fazer uma poupança e bancar um bofe escandalo depois dos 80…. e ke vier vai ser
    lucro ..na certa. pagando bem que mal tem?

  4. OLHA EU ACHEI MUITO IMPORTANTE ESSA ABORDAGEM…..EU MORO NO INTERIOR DE SAO PAULO TENHO 37 ANOS, E DESDE DE SEMPRE TIVE ATRAÇÃO POR HOMENS ACIMA DOS 55 ANOS, CONFESSO QUE REALMENTE ENCONTRAR UMA PESSOA NESSA FAIXA ETÁRIA PRA SE RELACIONAR, NO INTERIOR, CIDADE PEQUENA É MUITO DIFICIL, SOFRE TANTO O IDOSO COMO QUEM SÓ TEM ATRAÇÃO POR ELES COMO É O MEU CASO….O MUNDO ANDA TÃO CHEIO DE GENTE MÁ QUE SÓ SE APROXIMA DE UM GAY IDOSO OU NÃO SEMPRE COM OUTRAS INTENÇÕES, SEMPRE QUERENDO SE DAR BEM AS CUSTAS DESSAS PESSOAS “SOLITÁRIAS” A COISA CHEGOU A TAL PONTO QUE QUANDO COMENTO COM ALGUÉM QUE SAI COM UM COROA, A PERGUNTA É ALTOMATICA…QUANTO ELE TE PAGOU COISAS DESSE TIPO, OU TAMBÉM QUANDO CHEGO EM UM COROA ELE JA PENSA QUE QUERO ALGO FINANCEIRAMENTE FALANDO……….MAS NA VERDADE TUDO QUE EU QUERO É ESTA DO LADO DE UM COROA SENTIR O CHEIRO APRECIAR SEUS CABELOS E PELOS BRANCOS QUE SÓ ELES TEM, OUVIR E CONTAR HISTORIAS COISAS DESSE TIPO…..SOU NOVO MAIS MINHA HISTORIA NÃO É TAO DIFERENTE DOS GAYS IDOSOS, ISSO SE DEVE AO FATO DE QUE EU SOU TENHO ATRAÇÃO POR IDOSOS CLARO…ENQUANTO ISSO VIVO AQUI A ESPERA DE UM DIA ENCONTRAR O MEU COROA…….PARABENS PELA MATERIA ABRAÇO A TODOS……..MAS FICA AQUI A DICA VOCÊS COROAS IDOSOS TALVEZ NEM IMAGINEM QUE TEM UM GRANDE PARTE DE GAYS ENTRE 25 E 50 ANOS LOUCOS POR VOCÊS…….

  5. Fiz um trabalho de conclusão de curso sobre a velhice homossexual e o resultado da minha pesquisa foi bem diferente desta realidade aí citada…
    A vida do velho homossexual não necessariamente será essa tragédia supracitada.
    Eles têm amigos com quem contar, planos, vida sexual ativa…

    • Kellen.
      Há que se considerar alguns fatores:
      Mais de 50% da população gay masculina no Brasil estão nas classes D e E.
      Os gays fora dos grandes centros representam mais de 25%
      A faixa etária da velhice: até os 65 anos tudo são flores, mas quando se passa dos 70 anos a coisa muda completamente de figura.
      A solidão é a principal causa de doenças não apenas para os gays mas para os heteros.
      Os gays idosos são discriminados dentro do próprio meio gay. Mas se você tiver dinheiro você compra companhia e diversão.
      As saunas gays estão repletas de idosos, porque?
      Enfim, eu agradeço os seus comentários, o blog serve para discussões sobre a sexualidade dos gays maduros e idosos e sua contribuição é muito importante.
      Eu gostaria muito de conhecer o seu trabalho e se você quiser me indique como obter uma cópia para leitura.

      • Eu concordo com você grisalhos…Mas, acho que os próprios coroas ou idosos, eles muitas vezes se excluem pelo fato de já terem, talvez, algumas decepções durante a sua vivência ao longo da vida.
        Eu adoro coroas, mas sinto dificuldade de encontrar um que queira algo sério. Infelizmente, a grande maioria só quer ficar, porque já deve ter vivido experiências frustrantes…mas um dia chegará uma pessoa certa.

  6. Gente, sou homem e gosto de me relacionar com homens acima dos 50 anos. Se atrás de um monitor existir algum idoso que queira dividir o seu dia-a-dia comigo, por favor entre em contato. Tenho 46 anos, moro em S.Paulo/SP, branco, 62 kg.

  7. Os posts deste blog são o espelho da realidade para muitos gays, parabéns !!

  8. Quero registrar o meu breve comentário para dizer que é possível viver uma vida menos infeliz quando se tem Deus no coração.

  9. este artigo é muito triste, mesmo sabendo que na melhor idade existem vários fatores que contribuem para a solidão. Prefiro dizer que mesmo na velhice é possível ser feliz e o final é igual para todos

  1. Pingback: Os gays e o medo da velhice | Grisalhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: