Publicado em Campanha, História, Memória, Personalidade

Outubro – mês da história LGBT

Em 1990, professores e várias organizações comunitárias determinaram que um mês deveria ser designado para a história LGBT. O mês escolhido foi outubro.

Desde 2006 são escolhidos icones gays que são apresentados em vídeos e ficam disponíveis no site da organização. Anualmente são escolhidos 31, sendo um para cada dia do mês de outubro.
Este ano novos ícones serão selecionados através do site glbthistorymonth.com. A partir do dia 1º de outubro de 2009, um novo ícone GLBT será apresentado diariamente até o final do mês.
O site disponibiliza acesso ao vídeo, biografia e outros dados com informações sobre todos os ícones anteriores.
Anúncios
Publicado em Personalidade, Política

Personalidade – Guido Weterwelle

Aos 47 anos, ele não será apenas o primeiro vice-chanceler declaradamente gay da Alemanha, mas está cotado também para assumir o Ministério das Relações Exteriores.

Uma das estretégias dele para garantir o sucesso nas eleições do dia 27 de setembro foi atrair a juventude fazendo campanha contra o serviço militar obrigatório.
A eleição de Weserwelle é atribuída a crise econômica que ajudou o partido a ter sucesso nas urnas.
Fonte: Folha de São Paulo
Publicado em Cinema, Cultura, Diversão

Filme – Depois de tudo

O curta metragem Depois de Tudo (12 minutos) já foi apresentado em vários festivais no Brasil e no exterior e também recebeu vários prêmios.

Para os cariocas ele será apresentado a partir desta terça-feira, 29, no Festival do Rio.
O filme é protagonizado por Ney Matogrosso e Nildo Parente e mostra a relação entre dois homens maduros. Eles possuem um relacionamento de anos, mas um é casado e tem filhos. Um amor sublime, verdadeiro, mas subjulgado pelas convenções sociais.
“Depois da despedida, a espera. Depois da espera, a volta. Depois de tudo, o que mais querem é estar juntos, e um dia basta para que esperem pelo próximo.”
Muito sensível e atual este curta metragem é um divisor de águas nas produções brasileiras – Os gays maduros e idosos existem e estão inseridos no cotidiano da sociedade brasileira.
Publicado em Comportamento, Qualidade de Vida

Gays maduros e a primavera

O final de semana foi um dos mais quentes do ano em São Paulo e aproveitei para visitar alguns parques da cidade. Me surpreendeu a quantidade de homens maduros e idosos caminhando no sábado pela manhã no Parque Villa Lobos, cada qual cuidando da saúde e do corpo – muitos grisalhos interessantes – um colírio para os olhos !

No domingo de manhã no Parque do Ibirapuera a circulação de maduros foi ainda maior, até porque o parque também é maior – tem muita paquera entre os gays, mas os idosos continuam sendo muito reservados e discretos.
Ontem à tarde no Parque da Independência no Museu do Ipiranga encontrei um coroa de 65 anos. Conversamos por alguns instantes e me surpreendi com a disposição e a alegria daquele homem. Viúvo há mais de 10 anos não quer mais saber de mulher e caiu de cabeça numa relação com outro homem, mas o relacionamento durou pouco e hoje ele está à procura de um homem maduro para viver uma vida mais estável.
O interessante nessa história é que muitos gays se casam para manter as aparências e satisfazer os interesses da família ou da sociedade e quando ficam viúvos acabam se relacionando com homens. Isso não é regra, mas existe um número elevado de homens viúvos que frequentam saunas e locais gays.
Para eles a primavera começou depois de passar boa parte da vida no inverno do relacionamento heterossexual. Querem recuperar o tempo perdido e viver intensamente o presente e sem se preocupar muito com o futuro.
A primavera chegou aos trópicos e com ela todas as oportunidades de conhecer pessoas. Portanto, tire o pó da sua vida e vá para a rua todos os dias, milagres estão esperando em todos os lugares.
Nota: Em 1º de outubro 2009 comemora-se o Dia Nacional do Idoso (Lei federal 11.433 de dez/2006), concomitantemente ao Dia Internacional do Idoso, estabelecido pelas Nações Unidas.
Publicado em Internet

Mais blogs gays de maduros

Devido ao sucesso do post blogs gays de maduros – volto ao assunto para mais dicas sobre os blogs, principalmente fora do Brasil.

Aos admiradores de grisalhos gays fica o alerta:
“A maioria dos blogs americanos são arapucas que redirecionam os visitantes para outros locais, com scripts maliciosos e janelas pop up que não acabam nunca”.
Algumas características desses blogs:
– Blogs americanos – a maioria contêm apenas amostras de pornografia e com redirecionamento para sites pagos – a blogsfera é um território livre e invariavelmente você não está livre de pagar contas indevidas no cartão de crédito, principalmente, se não entende bem o idioma.
– Blogs europeus – exceto a França e a Itália que colocam conteúdos explícitos semelhantes aos americanos, os demais países da comunidade européia têm redes sociais sérias e menos agressivas e muito conteúdo sobre qualidade de vida e direitos civis.
– Blogs asiáticos – são de díficil acesso devido ao idioma e à complexidade de localização em motores de busca.
– Blogs de fãs– não agregam nenhum conteúdo político e social e o que se vê são apenas álbuns de imagens escolhidas pelas preferências do titular do blog.

Por mais que você tenha curiosidade de ver fotos ou algum filme lembre-se que os melhores conteúdos são pagos.
O link a seguir ilustra o que escrevi neste artigo – Daddy Blogs

Os blogs passam a idéia do gay maduro como “objetos sexuais lindos e felizes”, quando na vida real são solitários e sozinhos. Isso também vale para os idosos americanos – a solidão deles é maior do que a nossa pela própria cultura do “money for money”.
Publicado em Qualidade de Vida, Sociedade, Turismo

Um lar de luxo para os gays idosos

Uma imobiliária espanhola vai lançar até o final de outubro um condomínio de luxo com piscina, personal trainer e médicos na estância de Torremolinos no sul da Espanha – O lar “Arco-Íris” será exclusivo também, para idosos gays.

Segundo Antonio Gutiérrez, um dos idealizadores do projeto, “é uma iniciativa que responde a um problema social”, uma vez que a maioria dos idosos homossexuais tem pouco apoio familiar, não tem filhos e sua solidão é visível e muito maior.

Algumas ONG’s espanholas também se preocupam com um possível “retorno ao armário” e por isso apóiam o projeto, pois afirmam que os gays idosos têm medo de serem rejeitados em asilos tradicionais e por isso escondem a sua orientação sexual.

A principal indagação sobre o projeto é:
– até que ponto estamos dispostos a sair do armário?
– não existe “meia saída do armário” ou “porta entreaberta”.

Um hotel de luxo é o sonho de consumo de qualquer um, mas existem outras atitudes que devem ser colocadas em prática. Ou abrimos as portas do armário, ou elas permanecerão fechadas. E, quando as abrimos, as questões sociais tornam-se ainda mais complexas.

Existem muitos conflitos e atitudes que temos que tomar e nada adianta se viveremos num local sem paredes num “território livre de homofobia”se as questões da aceitação pessoal não forem resolvidas antes de cair de cabeça neste sonho de consumo.

Para finalizar informo que Torremolinos é um balneário e reduto gay bastante ativo e tradicional. É um dos roteiros turísticos mais procurados na Espanha depois de Barcelona e Madri.

Publicado em Comportamento, Saúde, Sociedade

Os grisalhos gordinhos – Chubby Daddies

A preferência por gays gordinhos está na moda desde o final dos anos 70 quando o modelo americano de corpo era definido pelas revistas de fisiculturismo. No meio gay o gordinho é chamado de Chubby e o maduro de Daddy = Dai a denominação Chubby daddy.

Jovens gays até 30 anos normalmente tem o corpo definido e magro e são os preferidos dos gays maduros e idosos – talvez pelo esteriótipo identificado na beleza física – ver Apolo – Deus grego.
Quando nos tornamos adultos e chegamos na meia idade os contornos do corpo ganham novas proporções devido ao sedentarismo e hábitos alimentares. É quando engordamos e cultivamos aquela “barriguinha”. – ver obesidade – em idosos.
Basta fazer uma busca na Internet para confirmar que mais de 50% dos homens que procuram namoro gostam de homens acima do peso.
Mesmo no meio gay os opostos ( fisicamente ) se atraem. Os casais que circulam juntos são facilmente identificados porque formam um par de “gordo e magro” – também, a diferença de idade denuncia a cumplicidade do casal. Isso não quer dizer que não existem casais com faixas de idade quase semelhantes – existem coroas que gostam de outros coroas da mesma faixa de idade ou mais.
Portanto, se você é gordinho posso dizer que está com tudo – isso não é preconceito contra os idosos magros, mas apenas uma radiografia momentânea dessas preferências.
Observe o exemplo dos ursos ou Bears: eles se definem como homens de rosto másculo, barba, pêlos e muito peso.
Enfim, este artigo é apenas uma constatação do universo gay de homens maduros e seus admiradores. Além da estabilidade financeira, emocional e das experiências de vida, vale também a parte física e se for gordinho melhor ainda – mas cuidado com o excesso de gorduras !!