Violência contra gays maduros e idosos

O Brasil é país onde mais se mata homossexuais no mundo e os gays maduros e idosos estão incluídos nesta estatística.

Por serem mais frágeis fisicamente os maduros e idosos se expõe facilmente às raposas e aves de rapina do mundo gay.

Desde os garotos de programa que se aproveitam da ocasião, até homens que se passam por gays para extorquir, roubar e causar lesões físicas e morais. Muitos casos são fatais e poucos são registrados nas delegacias de polícia porque o gay, invariavelmente, não registra as ocorrências para não sofrer mais humilhação.

A pedofilia está em destaque na mídia por conta das recentes matérias envolvendo idosos religiosos e assim o gay maduro e principalmente o idoso é visto pela sociedade como vilão e não vítima.

De uma forma geral a violência afeta todos os gays, e sempre ouvimos a mesma história de que a violência é decorrente do comportamento promíscuo e dizem que os casos mais comuns são os crimes passionais.
Isso não é verdade porque se percebe muita homofobia e raiva contra os gays. Os caras que se aproveitam dos gays e principalmente dos idosos querem vingança e acham que somos raça inferior, aberrações ou anormais.

O maior número possível de crimes cometidos contra homossexuais tem um rótulo “de ódio”, inclusive de homossexuais que não aceitam a sua sexualidade e descarregam suas frustrações contra os próprios gays.

A forma mais comum de violência é moral e a prática da extorsão com ameaças de tornar o caso público. Assim, o gay maduro ou idoso acaba cedendo às pressões e entrega dinheiro, talão de cheques e cartões de crédito.

Diariamente estamos expostos à violência, mas devido ao comportamento do gay e à troca constante de parceiros a exposição ao perigo é maior.

Não dá para descuidar, tem que escolher muito bem suas companhias e não se envolver com estranhos. Não aceitar convites para ir a locais desconhecidos, na sauna é bom observar o comportamento de possíveis parceiros de sexo. Não podemos esquecer que existem indivíduos com desvios de comportamento e que muitos deles são violentos.

Não vou nem entrar na questão da homofobia de grupos neonazistas e setores religiosos fundamentalistas, principalmente católicos e evangélicos que indiretamente incitam à violência e também nem sei se o PLC 122/2006 pode mudar alguma coisa neste cenário.

Outros artigos relacionados:
Gays idosos expostos à violência psicológica
Plano Nacional LGBT

About these ads

Publicado em 23/03/2010, em Comportamento, Saúde, Sociedade e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Já foi abordado outrora aqui, sobre cada um fazer o que quiser da vida. Pois bem! Sabemos do perigo, dos aproveitadores, dos homofóbicos, dos garotos de programa – seja ele jovem ou idodo – e mesmo assim, não sossegam o rabo, não respeitam excelentes companheiros sociais e sexuais que surgem em suas vidas, (está no plural para concordar, mas trata-se de um parceiro para cada, monogamia, o essencial, etc) comprovadamente o perigo, a exposição à violência, à doenças, etc é muito mais gostoso. DANEM-SE, então!

  2. Marcus Vinicius

    adoro transar com homens maduros.eles sabem o que realmente fazem e sou contra a violencia

  3. Isso e um absurdo mais infelizmente continua acontecendo sem que se tome providencias contra estes covardes

  1. Pingback: Grisalhos

  2. Pingback: A violência contra gays idosos « Grisalhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 270 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: