Gays maduros e os Banheiros públicos

No Brasil, o banheiro público ainda é um símbolo da cultura gay, principalmente para os homens que vivem no armário ou os gays com mais idade e que não freqüentam locais gays. Em geral são homens casados ou viúvos e até avôs.

A origem:
No início dos anos 60, o “banheirão” era praticamente o único lugar no interior dos Estados Unidos onde homens poderiam encontrar outros homens. Não havia bares abertamente gays, a não ser nas grandes cidades. De acordo com registros históricos de homossexuais mais velhos, o “banheirão” ocorria por todas as cidades americanas e não apenas em rodovias.
A herança:
Nós herdamos dos americanos a prática de procurar homens em banheiros porque muitos acham excitante ou porque o tipo de homem que eles procuram não vão a bares gays.
Os jovens tendem a não se interessar por banheiros, porque eles encontram o que procuram entre amigos e até mesmo na Internet.
No Brasil a prática de freqüentar banheiros públicos ainda existe, principalmente, nas cidades do interior, em banheiros de praças públicas e estações rodoviárias.
Nas últimas duas décadas diminuiu muito a pegação em banheiros públicos das capitais brasileiras devido à falta de segurança e às constantes batidas policiais.
Uma nova tendência é a pegação em banheiros de shopping Center.
Essa prática também tem ligação direta com o fetiche de observar e olhar – o que chamamos de voyeurismo.
Um caso famoso ocorreu em 1998, nos Estados Unidos, quando o cantor George Michael foi preso e considerado culpado de praticar sexo em banheiro público.
Nota: O “banheirão” é uma gíria do mundo gay que significa: paquera em banheiros.
About these ads

Publicado em 13/10/2009, em Curiosidade, História e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. É verdade, amigo José, num banheiro público de Portugal conheci um senhor que já deveria ser avô, e um indiano jovem. Apenas conversei com ambos.
    Já em São Paulo, nos anos 70 e 80, também havia muito, mas a AIDS praticamente acabou com a peregrinação. A investida contra os gays tomou a forma de fechamento de vários banheiros e adaptação de outros, eliminando os mictórios, onde os homens podiam ficar lado a lado, só mantendo os reservados, como nas estações de metrô.
    A tolerância com a homossexualidade é falsa, por isso jamais sairei do armário. A luta silenciosa é mais eficiente.

  2. em portugal isso existe muito ,é o unico sitio honde os gays se encontrao, mas a maior parte sao casados e ja avos

  1. Pingback: A Promiscuidade anárquica e libertária dos gays « Grisalhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 258 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: